Cinco Motivos para Evitar a Boca Seca

Cinco Motivos para Evitar a Boca Seca

Ficar com a boca seca pode ser mais prejudicial do que você imagina, e aqui você descobre quatro motivos para você evitar essa sensação desagradável.

Com certeza você já deve ter tido a sensação de boca seca e, de imediato, associou ao fato do baixo consumo de água. Isso é comum em dias mais quentes ou durante a prática de exercícios físicos, mas o que hoje vamos falar aqui tem outro nome.

Xerostomia, ou boca seca, é uma condição que está diretamente associada à baixa ou ausência de produção de saliva pelas glândulas salivares e os motivos para isso acontecer são variados.

Então continue lendo esse post e descubra 5 motivos para evitar a boca seca que podem ser prejudiciais para sua saúde.

Antes disso, você precisa saber as principais causas da xerostomia.

Principais causas da boca seca

A boca e os lábios secos são os sintomas mais fáceis de identificar em alguém que sofre com a xerostomia. Mas será que você sabe quais são os principais fatores que contribuem para esse quadro desagradável?

Abaixo listamos os principais:

   • Tabagismo.
   • Deficiências nutricionais.
   • Diabetes.
   • Excesso de sal.
   • Consumo de álcool.
   • Remédios (antidepressivos, por exemplo).
   • Doenças autoimunes.
   • Problemas respiratórios.
   • Estresse e alterações hormonais.
   • Desidratação.

Conhecendo alguns deles você já pode notar que a falta de água não é o único favor que pode causar esse problema.

E agora é hora de saber quais as funções da saliva, o ponto chave deste tópico.

Qual a função da saliva?

A saliva é produzida pelas glândulas salivares e se você parar para analisar vai descobrir que ela tem funções bem importantes para o funcionamento do nosso corpo. Algumas delas são:

   • Manter a lubrificação de toda a cavidade bucal.
   • Limpar o excesso de bactérias e outros microorganismos presentes na boca, e consequentemente evitar cáries.
   • Auxiliar na hora de se alimentar, já que ela ajuda na umectação dos alimentos e posteriormente na deglutição.
   • Começa a digestão (de amido, por exemplo) ainda na boca.

Mas o que será que acontece se a saliva passar a ser produzida em uma quantidade inferior ao considerado normal, ou pior, deixar de ser produzida?

Aí é que está o problema. Quer dizer, os problemas. Continue lendo para descobrir os sintomas desse déficit de saliva.

Motivos para evitar a boca seca

Até esse ponto você já deve ter imaginado um ou mais motivos para você cuidar da sua boca, e agora você tira suas dúvidas.

A boca seca, a xerostomia, causa:

1. Mau hálito

Novidade? Nenhuma. O terror de muitas pessoas pode ser causado pela boca seca. A halitose é um problema que constrange o indivíduo e pode dificultar o convívio com amigos e familiares – seja por vergonha, autoestima ou outro fator.

2. Cáries e outras infecções

A saliva, como mencionamos acima, atua como uma ferramenta protetora da saúde bucal. Sendo assim, a falta dela pode deixar a cavidade oral mais propensa a vírus e bactérias. Consequentemente, problemas como a cárie, placa bacteriana e gengivite podem acontecer mais facilmente.

3. Lábios ressecados

Como citamos no começo desse post, os lábios ressecados são indicativos visíveis de que a sua boca não está sendo lubrificada adequadamente.

Como consequência, os lábios secos favorecem o aparecimento de rachaduras e/ou descamações.

4. Dificuldade para mastigar, engolir e até falar

A baixa presença de saliva deixa a boca com um aspecto pegajoso e dificulta até mesmo sentir o sabor dos alimentos.

Mas não é só isso. A ausência de secreção também dificulta a mastigação e a ingestão de alimentos. Mais afundo, até a fala é prejudicada.

5. Problemas na língua

A língua também sofre com a falta de saliva na boca. Isso significa que ela pode sofrer fissuras que irão causar dor ou ardência nela.

Agora que você conhece alguns dos principais motivos para evitar a xerostomia, ou boca seca, está na hora de saber como tratá-la.

Como tratar o sintoma de boca seca

Não tem como não associar a falta do consumo de água com a boca seca, né? Embora esse seja o principal fator que pode levar uma pessoa a sofrer com os sintomas da xerostomia, ele não é o único.

Além de seguir o que é recomendado pelos especialistas quanto ao consumo diário de água, que é de aproximadamente de 2 a 3L, você também pode aderir alguns hábitos para auxiliar na retomada da sua saúde bucal.

São eles:

   • Escove seus dentes, passe fio dental e use o enxaguante bucal diariamente;
   • Coma mais alimentos ácidos: eles estimulam a mastigação e a produção de saliva;
   • Consulte o seu dentista sobre a possibilidade de aplicação de flúor;
   • Chupe balas ou masque chicletes sem açúcar para evitar a salivação.

Para intensificar os resultados, leve em consideração inserir alguns alimentos e bebidas na sua dieta, como por exemplo:

   • Chás de hortelã, camomila e erva doce: são ervas que estimulam a salivação.
   • Sorvete de frutas à base de água: reduz os desconfortos causados pela boca seca.
   • Ovos: fonte de vitamina B.
   • Maçã: rica em vitamina B, C e E, ela também contribui para a sua saúde bucal. Por ser mais rígida e exigir mais da mastigação, ela é ótima para cuidar dos dentes e gengivas.

Mas se após todas essas dicas você continuar tendo problemas causados pela boca seca, está na hora de visitar o seu dentista. Se for expressamente recomendado por ele, você pode fazer o uso da saliva artificial – um produto feito em laboratório que tem como função reproduzir a saliva natural. Além de água, ela contém sais minerais e substâncias que hidratam os tecidos bucais.

Caso ainda não tenha um profissional especializado pronto para te atender, você está no lugar certo. A Dentz é a clínica odontológica mais moderna do mercado e oferece uma verdadeira experiência de cuidado com a saúde bucal.

Agende agora a sua avaliação e comece a cuidar hoje mesmo de você, do seu sorriso e da sua saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.